Campeão SUB-13 Liga BH de Futsal

Somos Campeões: equipe sub-13 do colégio Dona Clara é campeã da Liga BH de Futsal

Vitória maiúscula com direito a um lindo gol de placa do aluno Gabriel Escobar

Crônica: Prof. Aender Pereira / Gestão de Projetos

Expectativa

A realidade da equipe sub -13 do Colégio Dona Clara na liga era a seguinte: o time jogava apenas por um empate para se sagrar campeão, sendo que só um desastre poderia tirar-lhes o título como, por exemplo, uma derrota por saldo negativo de 04 gols.

Mesmo assim na preleção, o técnico Egberto Júnior pregou aos alunos valores como a humildade e respeito ao adversário. O técnico e preparador físico Filipe, enalteceu a tranquilidade e a vontade de vencer com responsabilidade.

Era nítida a ansiedade dos jovens atletas que amparados por uma torcida numerosa, formada por pais, amigos e professores, traziam consigo um brilho diferente no olhar e uma empolgante vontade de vencer.

O jogo

A equipe do Benedito Batista, mesmo precisando vencer com um grande saldo de gols, não se deixou abater pela vantagem do adversário e jogou o jogo da vida. Sendo detentora de atletas fisicamente superiores, tentou aproveitar-se dessa vantagem para impor um jogo mais físico e menos técnico. No entanto, essa estratégia não fora suficiente para conter o ímpeto da equipe do Colégio Dona Clara que em poucos minutos, mostrou porque era a favorita a conquista do título.

O início da partida foi muito disputado devido à postura da equipe do Benedito Batista, todavia, em uma jogada muito bem trabalhada, aos 4 minutos de jogo o atleta Marcelo Gomes abriu o placar, dando início ao que seria a conquista do título. Na sequência houve outro gol do mesmo, aumentando ainda mais a confiança da equipe. Os gols foram marcados pelos atletas Marcelo Gomes (3) e Gabriel Escobar (2), sendo que há um destaque para Escobar que mesmo sendo de estatura pequena e corpo franzino, afinal possui apenas 11 anos, o atleta é detentor de uma habilidade que não seria exagero se comparada ao jogador da seleção brasileira e do Barcelona, Neymar, quando tinha a mesma idade. Rápido, coeso, preciso e cirúrgico, Escobar arrancava da torcida um tipo de comentário estilo: “o quê que é isso!”, a cada lance em que encantava com suas jogadas.

O time do Benedito Batista ainda tentou descontar, conseguindo alcançar a meta do Colégio Dona Clara por duas vezes, sendo que os dois gols foram marcados pelo atleta Wander Rocha o que infelizmente para a equipe, não fora o suficiente para vencer a partida.

A torcida

Formada basicamente por pais, colegas de sala e professores, a torcida deu um show de entusiasmo e animação, vibrando a cada lance, comemorando gols e era notório em alguns pais, como em qualquer torcida do mundo, dizendo orientações de posicionamento e outras situações do futebol aos seus filhos de forma a motivá-los ainda mais. Os mesmos tiraram muitas fotos e até filmagens foram feitas para compartilhar com a família.

Ao soar o apito final houve uma avalanche de emoções e a torcida em peso invadiu a quadra para abraçar seus heróis.

OBS: Foi lindo quando um grupo de pais cercou os treinadores Egberto e Filipe para agradecê-los, momento este em que pude ouvir a frase: “Obrigado pelo crescimento que vocês têm proporcionado aos nossos filhos e pela estrutura que é oferecida por esta escola”.

Entrelinhas

Um dos atletas mais esforçados e dedicados da equipe, Carlos Eduardo Magalhães, quase tornou o placar semelhante ao da equipe sub-15 do Colégio Dona Clara que venceu na terça-feira passada a equipe do MAGNUM por 7 X 1, em dois lances incríveis havendo destaque para um em que o atleta brilhantemente driblou o goleiro que ficou no chão ficando assim cara a cara com o gol e por um infortúnio, bateu mal na pelota e a bola saiu raspando a trave pela linha de fundo. Mesmo assim, parabéns ao Cadu pela raça e empenho demonstrados em quadra.

Outro destaque foi para os goleiros do Colégio Dona Clara, Pedro Moura e Leonardo Zanela, que foram verdadeiras muralhas em vários momentos de perigo contra a meta que defendiam.

Outra grata surpresa foi o meia-ofensivo Danilo Santana que jogando improvisado de defensor, fora imbuído da missão de conter os ataques adversários e armar os contra ataques de sua equipe. Enfim, mérito para todos os atletas sub-13 do Colégio Dona Clara que em equipe, fizeram por merecer o título de campeões da Liga BH de Futsal 2015.

A Liga BH Futsal surgiu em 2012 e começou apenas com equipes sub-18 masculino. Hoje, a competição também já conta com equipes sub-15 e sub-13.

Novidades

O Colégio Dona Clara, a partir de 2016, irá investir ainda mais no esporte e no desenvolvimento de seus alunos/atletas, através do PROGRAMA DE INCENTIVO AO ESPORTE que trará oportunidades para todos aqueles que queiram desenvolver suas potencialidades esportivas. Fiquem de olho em nosso site e nas redes sociais da escola e não perca esta oportunidade.
COLÉGIO DONA CLARA 5 X 1 COLÉGIO BENEDITO BATISTA

COLÉGIO DONA CLARA
Bernardo Dias, Gabriel Escobar, Lucas Tannus, Samuel Mansur, Carlos Eduardo Magalhães, Leonardo Corrêa, Leonardo Zanela, Matheus Oliveira, Pedro Oliveira, João de Oliveira, Marcelo Gomes, Pedro Moura, Danilo Santana, Lucas Medeiros e Guilherme Lopes

Técnicos: Egberto Júnior e Filipe Kaiser

COLÉGIO BENEDITO BATISTA
Vagner Lucas, Wander Rocha, Álvaro Euzébio, Ítalo Santos, Felipe Mourais, Lucas Lopes e Gilmar Souza

Técnico: Rayane Alvarenga

Gols: Dona Clara: Marcelo Gomes (3), Gabriel Escobar (2); Benedito Batista: Wander Rocha (2)

Motivo: Última rodada da Liga BH de Futsal Sub-13
Local: Belo Horizonte, 19 de novembro de 2015
Quadra: Colégio CHROMOS – Unidade Pampulha, às 20:45 h

Cartões amarelos: Lucas Lopes e Gilmar Souza (Benedito Batista)

Árbitros: Rodolpho e Matheus Lacerda

Público: O mais animado e vibrante de Belo Horizonte