Educação bilíngue: qual a melhor idade para começar?

Muitos pais têm dúvidas sobre a educação bilíngue. Qual o melhor momento para oferecer o aprendizado de um segundo idioma às crianças? Existem benefícios e malefícios ao colocar o(a) filho(a) em contato com o inglês desde cedo, por exemplo?

Confira a seguir algumas considerações sobre o tema!

O aprendizado do inglês nos primeiros anos de vida

Desde o nascimento, as crianças são expostas o tempo todo a um idioma e passam a adquiri-lo de maneira completa. A natividade da língua vem com a aquisição de vocabulário e o entendimento sobre suas estruturas. 

Inúmeros estudos científicos apontam que a primeira infância é o momento em que a criança tem mais facilidade de absorção e aprendizado. Até os 6 anos, o cérebro dos pequenos consolida o aprendizado. 

Com a educação bilíngue, eles terão o mesmo estímulo em seu processo cognitivo. Se eles têm contato com o inglês logo nos primeiros anos de vida, crescem como se tivessem duas línguas maternas. 

E não há restrição quanto ao momento de iniciar os estudos em um segundo idioma. Não ocorre problemas de adaptação, e a criança não é prejudicada no aprendizado da língua materna. O importante é escolher uma boa escola que oferece educação bilíngue com uma metodologia de qualidade. 

A educação bilíngue e seus benefícios para a criança

Sala de aula com cadeiras coloridas, mesas hexagonais e parede com flores coloridas é uma ambiente favorável para a educação bilíngue bilíngue

A educação bilíngue é aquela em que, por meio da imersão, os alunos aprendem a se comunicar em um novo idioma. As disciplinas da grade curricular são aprendidas também em inglês, e eles têm mais contato com a prática da língua. Assim, desenvolvem de forma natural o vocabulário e expandem seus conhecimentos sobre o segundo idioma.

Essa prática traz muitos benefícios, motivo pelo qual é importante matricular o(a) filho(a) em uma escola bilíngue desde cedo. Conheça alguns deles!

Desenvolvimento do raciocínio e maior concentração

Na primeira infância, a criança está desenvolvendo o sistema nervoso central. É o momento em que ela cria novas formas de pensar e entender o mundo. Ao ser estimulada com a educação bilíngue, desenvolve certas áreas do córtex. Isso significa potencializar habilidades de interpretação e compreensão das palavras.

De forma prática, o processo de alfabetização e de desenvolvimento de raciocínio é mais fácil para os dois idiomas. E é um grande exercício para o cérebro, porque demanda maior atenção, memória, raciocínio lógico e linguístico, além das habilidades de comunicação.

Contato com outras culturas

Ensino bilíngue é também a aplicação do inglês em momentos de brincadeira, como esse em que 6 crianças estão brincando no parquinho da escola

Outro benefício relevante do ensino bilíngue é o contato com outras culturas. Em boas escolas, o aprendizado do inglês é sempre acompanhado com informações sobre países que têm o idioma como língua materna. 

Esse contexto é bastante positivo, porque a criança entende melhor situações diferentes de sua rotina. Em outras palavras, abre um olhar para a diversidade de valores e de possibilidades ao redor do mundo.

Aumento do vocabulário e da capacidade de se comunicar

Uma criança que tem contato desde cedo com o inglês, devido ao ensino bilíngue, se sente mais familiarizada com aquele idioma. Naturalmente, aumenta seu vocabulário, pois está constantemente utilizando-o também na escola. Isso é fundamental para que ela adquira fluência e tenha mais facilidade em se comunicar.

Vale destacar também que o ensino bilíngue auxilia muito no desenvolvimento da pronúncia em inglês. Essa habilidade se liga à capacidade de ouvir em inglês e, se o contato com a língua for intenso, é mais fácil reproduzir sons e fonemas.

A educação bilíngue é um caminho interessante para que as crianças aprendam inglês ou outro idioma desde cedo. A idade mais indicada para começar é quanto antes, pois ela apresenta muitas vantagens. O desenvolvimento do raciocínio e o contato com outras culturas são algumas delas. Mas você sabia que este ensino não é o mesmo que as aulas de inglês oferecidas nas escolas?

Confira qual a diferença entre educação bilíngue e aula de inglês!

Deixe um comentário

Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp