Protagonismo infantil: o que é e como incentivá-lo

As diversas mudanças em âmbitos sociais e, especialmente com o avanço da tecnologia, transformaram a criação e a educação das novas gerações, tornando as crianças mais ativas nos seus processos de aprendizagem. Com isso, o debate sobre o protagonismo infantil se ampliou nos últimos anos.

A prática, que tem o respaldo da lei, por meio do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), da Convenção dos Direitos das Crianças da ONU e do Marco Legal da Primeira Infância, prevê que os pequenos tenham suas opiniões ouvidas e, mais do que isso, seu poder de decisão assegurado.

Para isso, podemos incentivar o protagonismo da criança por meio de hábitos simples e diários. Continue a leitura e confira algumas dicas para colocar em prática. 

6 dicas para estimular o protagonismo infantil

É preciso entender que o protagonismo infantil inicia em casa, no relacionamento com a família, na troca de experiências em um ambiente afetivo e acolhedor e, sobretudo, na criação e nos ensinamentos transmitidos pelos pais.

Por essa razão, algumas práticas são fundamentais para estimular características importantes e formar as crianças para, futuramente, se tornarem adultos seguros, ativos, funcionais, responsáveis e dispostos a criar e colaborar para transformar sua realidade.

Entre tais abordagens, podemos destacar:

1. Pratique a escuta ativa

Um dos primeiros passos a se dar em direção ao protagonismo infantil é praticar a escuta ativa. Adultos tendem, muitas vezes, a julgar que sabem de tudo e, com isso, podem acabar ignorando as preferências da criança.

Por isso, é importante dar voz a ela, se atentar aos sinais, gestos, ações e, inclusive, ao seu silêncio. Permita que ela expresse suas vontades e opiniões. Dessa forma, é possível compreender suas necessidades e pensar em formas de suprir estas carências.

2. Incentive a curiosidade, a leitura e o autoconhecimento

Incentivo à leitura para o protagonismo infantil

Um ambiente estimulante é crucial para que a criança se desenvolva saudável, encorajada e feliz.

Nesse caso, incentivar a descoberta, as novas ideias, o lúdico, a leitura — onde a imaginação pode se unir à criatividade e sobrevoar diferentes cenários — e o autoconhecimento são processos fundamentais para garantir que a criança não tenha medo do desconhecido, de viver novas experiências e de expressar suas opiniões e pensamentos.

Além de contribuir na formação da personalidade, estas são também importantes práticas para o desenvolvimento de adultos mais decididos, confiantes e preparados para enfrentar desafios.

3. Promova o convívio em sociedade

O relacionamento interpessoal também faz parte do processo de protagonismo, pois ele garante maior desenvoltura em aspectos de comunicação, inteligência emocional e sociabilidade da criança. Esta característica pode ser incentivada por intermédio de grupos em que a criança é inserida, seja na escola, em atividades extracurriculares ou no ambiente familiar.

Trabalhar a empatia, o comprometimento, o diálogo e o respeito às diferenças serão chaves essenciais para que, posteriormente, esta criança seja um adulto tolerante e gentil, conquistando espaço nos trabalhos escolares em grupo e, até mesmo, no ambiente profissional.

4. Escolha uma escola com ambiente acolhedor e estimulante

Para que os estímulos citados acima, incentivados pelos pais, ganhem continuidade no ambiente acadêmico, é necessário escolher uma escola que propicie, pratique e encoraje estas práticas, permitindo que a criança seja ainda mais estimulada e se desenvolva por completo.

No Colégio Dona Clara, nós priorizamos este modelo de ensino, no qual a criança é a protagonista da sua história e do seu desenvolvimento.

5. Mantenha a criança em contato com a natureza

O contato com a natureza também deve estar neste checklist, e os motivos são simples: o desenvolvimento de âmbitos biopsicossocial e espiritual. Afinal, este é o espaço de pertencimento da criança, de suas raízes com a Terra.

E é a partir deste contato com o mundo natural, que exala aromas, sabores, floresce e frutifica, que ela passa a compreender os processos da vida e, principalmente, a respeitar o meio ambiente.

6. Proponha jogos educativos

Jogos educativos para o estímulo ao protagonismo infantil

Os jogos educativos podem ser importantes aliados no estímulo ao protagonismo infantil.  Isso porque, por meio da brincadeira, eles fornecem ferramentas para que a criança desenvolva suas competências e habilidades, entre as quais, destacamos: criatividade, raciocínio lógico, espírito de liderança, e muito mais.

Para descobrir mais sobre como as brincadeiras também podem contribuir para o desenvolvimento do protagonismo na criança, confira este artigo sobre a importância das brincadeiras para o desenvolvimento infantil.

Deixe um comentário

Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp